Esporte
14:51

Sem consenso entre clubes e patrocinadores por paralisação, CBF decide adiar apenas jogos de gaúchos

A CBF decidiu adiar novamente os jogos dos times do Rio Grande do Sul, depois de debater e não chegar a consenso com clubes e patrocinadores sobre a paralisação das competições ao longo da manhã desta terça-feira. Serão interrompidos os jogos da Série A do Brasileiro e demais divisões, tanto masculino como feminino, até o dia 27 de maio.

A entidade comunicou a decisão oficial após a publicação da nota no blog e explicou o seguinte:

“Diante do atual cenário, tendo recebido na noite de 06 de maio de 2024 o ofício no. 57/2024, oriundo da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), que encaminhou e endossou o pleito dos seus clubes filiados, a CBF informa que ficam adiadas todas as partidas envolvendo equipes do Rio Grande de Sul nas competições nacionais, como mandante ou visitante, previstas até o dia 27 de maio de 2024”.

No debate entre clubes e com a federação de futebol do Rio Grande do Sul, a CBF entendeu que não havia possibilidade de uma decisão unânime, e tenta minimizar impactos. Apesar da atitude solidária, haveria influência direta no calendário deste e do próximo ano.

Enquanto Grêmio e Inter seguem sem poder treinar, Juventude e Caxias já retomaram as atividades. Através da federação gaúcha, os clubes pediram adiamento dos jogos por 20 dias, mas a ideia é que a situação seja monitorada e os adiamentos sejam feitos a conta-gotas.

A CBF consultou toda a rede envolvida no Brasileiro e na Copa do Brasil e também os clubes. Alguns não admitem hipótese de paralisação. A outra alternativa seria que os times do Sul treinassem e mandassem jogos em outros estados, mas há resistência à essa ideia.

Jogos que serão adiados:

Série A

Internacional X Juventude

Atlético-MG X Grêmio

Série C

Caxias X Confiança

Ferroviário X São José

Ypiranga X Figueirense.

Série D

Avenida X Novo Hamburgo

Cianorte X Brasil de Pelotas

Campeonato Brasileiro Feminino

Santos X Grêmio

Avaí – Kindermann x Internacional

Grêmio x América-MG

O GLOBO

Foto: Divulgação